Fomos enganados com luzes de Natal

Confesso que amoleceu meu coração a iluminação de Natal espalhada em diversos pontos da cidade. Mas, quando percebi que a ornamentação se tratava de enganação usando o dinheiro do povo, me revoltei.

Antes da ceia de Natal, tenho certeza que você limpará os móveis, o chão da casa, e jogará o lixo “fora”. A Prefeitura de São Gonçalo, repleta de maus hábitos, não agiu assim: tirou do bolso do gonçalense R$ 370 mil para instalar luzes de Natal em uma cidade caótica.

Sobre a decoração do viaduto de Alcântara, pensei: “O viaduto iluminado ficou bonito”, tomado pelo espírito natalino. Contudo, o viaduto continua sendo usado como outdoor irregular por empresas e políticos imundos que penduram faixas na mureta. Quase dois meses após as eleições, ainda há faixas penduradas lá, deterioradas, ameaçando cair sobre as pessoas. Se a Prefeitura quer embelezar a cidade, por que não retira as faixas ilegais?

Na rua Manoel João Gonçalves, em frente ao viaduto, pedestres não conseguem mais transitar, tamanha a quantidade de lixo espalhado na calçada por lojas e camelôs. O fedor incomoda. Em vez de lesar os cofres públicos, por que a Prefeitura não fiscaliza e multa as empresas que sujam a cidade?

No bairro Estrela do Norte, próximo ao Centro Cultural Joaquim Lavoura, uma árvore de Natal solitária passa o dia tocando Jingle Bells e enquanto o dinheiro público é desperdiçado, o maior evento cultural da cidade, Uma Noite na Taverna, continua sem apoio financeiro municipal. Enquanto o dinheiro público toca Jingle Bells, na rua onde moro as lâmpadas de três postes estão queimadas, favorecendo a violência.

“Vejam a linda decoração de Natal que preparei para vocês”, diz o Prefeito, sem mencionar que quem pagou a conta foi o cidadão. Usou nosso dinheiro para disfarçar as falhas da sua gestão, incapaz de conseguir parcerias com o setor privado para dividir os custos, como fazem as administrações inteligentes.

Restam ao gonçalense duas opções: acreditar que valeu a pena gastar R$ 370 mil para decorar uma cidade abandonada ou exigir do poder municipal limpeza e organização, uma cidade onde teremos orgulho de viver.

Publicado por Mário Lima Jr.

Gonçalense, escrevo sobre política e sociedade em defesa da essência humana.

Participe da discussão

6 comentários

  1. Realmente a situação em São Gonçalo é caótica. Falta tudo, na educação, na segurança, na saúde. Com relação a sujeira na cidade, o povo tem grande participação nisso também, eita povo porquinho. Como citado em outro post, com relação ao grau de estudo dos nossos vereadores, vemos aí um reflexo da ignorância do povo.

    1. Raphael, diante da ignorância do povo e de sua falta de educação, podemos construir lideranças nos bairros que zelem pela cidade e ensinem o povo gonçalense a amá-la. Por isso é importante discutir a política da cidade e fazer nossa parte.

  2. Perfeito seu post, estava passando semana passada pelo viduto e estava pensando nisso: Quanto será que custou essa brincadeira?

    Não acho ruim deixar a cidade bonita, mas o que adianta isso se a mureta deste viaduto continua quebrada, colocaram um arame para proteger, mas em menos de um mês os radares estavam instalados.

    Não deixemos as luzes dessa decoração ofuscar a nossa realidade, usemos as verdadeiras luzes natalinas para iluminar a verdade!

    Feliz Natal!

    1. Sim, Raphael Vinicius. Nossa cidade, repleta de necessidades, jamais poderia ter usado tanto dinheiro público em decoração de Natal. E houve exagero, deveriam ter decorado no máximo dois pontos da cidade e em parceria com o setor privado para reduzir os custos.

      Mas mostramos ao governo que não seremos enganados.

  3. A cidade enfeitada para o Natal deveria ser motivo de orgulho!!! Infelizmente para nós gonçalenses é motivo de preocupação, será que este enfeite custou realmente “R$ 370.000,00”, antes o valor divulgado foi de R$ 1.000.000,00 e após questionamentos o valor foi reduzido em 63%, gostaria da receita mágica de redução de custos para aplicar na empresa que trabalho no gerenciamento de fretes e estoques!!!
    O que entristece em nossa cidade é a falta de planejamento e a falta de educação de muitos em nossa cidade, educação básica aquela que vem de casa mesmo desde não jogar papel no chão ao de pedir desculpas, com licença, por favor etc….
    Sinto saudades das aulas de Moral e Cívica que eram realmente muitos chatas e na minha infância não entendia porque me ensinavam muita coisa que minha mãe me ensinava em casa, bom hoje entendo a importância dela!!!

    1. Ronaldo, a administração pública municipal gonçalense alegou que é desorganizada ao ponto de errar na divulgação oficial do valor pago pela ornamentação. Se não tivesse assumido a própria incompetência, a sujeira ficaria mais evidente.

      Que os homens e mulheres de bem continuem educando seus filhos em casa até que eles transformem esta cidade.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta