Descaso e desenvolvimento se misturam no Raul Veiga

O Raul Veiga expõe perfeitamente a péssima administração pública que afeta São Gonçalo há décadas – enquanto o setor comercial e de serviços do bairro cresce intensamente, a sujeira e o abandono se desenvolvem na mesma proporção.

Atualmente existem dois grandes prédios comerciais, com lojas e salas, em construção na principal via do bairro e um terceiro foi anunciado. Nas ruas paralelas surgiram academias, filiais bancárias, restaurantes, farmácias etc onde antes nada havia. Mas o governo municipal, por incompetência ou puro descaso, não apoia este crescimento com a devida infraestrutura, muito menos promove o bem-estar social através dos impostos arrecadados.

O trânsito no Raul Veiga já é um dos piores da cidade, montanhas de lixo tomam as esquinas, os moradores perderam espaço para circulação e não há opções de lazer desde a deformação criminosa da Praça Chico Mendes. Qualquer semelhança com a história do Alcântara, importante centro comercial sujo e desordenado, não é coincidência, mas prova da antiga falta de zelo com que São Gonçalo é tratada por quem deveria defender nossos interesses.

Se quisesse, a Prefeitura poderia resolver facilmente o problema do lixo, comum na maioria dos bairros, bastaria fiscalizar e punir as empresas que sujam e auxiliar as pessoas a descartar o próprio lixo. No Raul Veiga as oficinas estão largando pneus velhos nas esquinas e não é preciso ser inteligente para perceber. E moradores dos locais onde o caminhão da coleta não consegue transitar jogam lixo na rua. Com duas caçambas, uma para lixo úmido e outra para material reciclável, nos dias combinados para coleta os moradores descartariam cada material no seu devido lugar.

Diante da ausência do poder público, muitos gonçalenses não acreditam mais na recuperação da cidade, na libertação da sujeira e se entregaram aos maus hábitos. No Raul Veiga, vi gente saindo de casa vestindo fitness, levando sacola de lixo na mão e a deixando encostada no poste com total delicadeza antes de entrar na academia. Habituaram-se a cometer um crime antes de se exercitar. Se queremos que o progresso social acompanhe o desenvolvimento comercial, devemos exigir que a Prefeitura trate a cidade com responsabilidade e não repetir seus erros.

Publicado por Mário Lima Jr.

Gonçalense, escrevo sobre política e sociedade em defesa da essência humana.

Participe da discussão

1 comentário

  1. Mas isso só é um retrato de como São Gonçalo está, não sei o que é pior: a má administração pública ou a ignorância de alguns gonçalenses, que em vez de ajudar, contribui para essa situação.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta