Somos a solução gonçalense

São Gonçalo é desagradável. Má iluminação, pilhas de lixo nas calçadas, esgoto escorrendo na sarjeta, veículos ensandecidos, propaganda irregular sufocante e gente apressada se embolam nas ruas. Além de sofrer com graves problemas na administração pública, como ausência de licitação na contratação de serviços essenciais. Mas, coitada, não é culpa da cidade.

Nossos antepassados menosprezaram São Gonçalo e nós mantivemos o abandono. Sua feiura é totalmente artificial e pode ser convertida em algo belo, apropriado à sua natureza. Sua gestão será eficiente quando pessoas inteligentes, de boa vontade, estiverem envolvidas.

Você certamente tem projetos adiados indefinidamente que poderiam contribuir para o desenvolvimento municipal. Montar um negócio, talvez uma empresa de tecnologia ou livraria, dar aulas de reforço, ou vender roupas pela Internet. Talvez deseje participar ativamente da vida política. O que espera? A grande solução para São Gonçalo é o gonçalense praticar os próprios sonhos. Começando pequeno, você pode realizá-los agora.

Não use como desculpa a falta de tempo, dinheiro ou a rotina cansativa entre casa e trabalho. Para testar sua ideia de negócio com vizinhos e amigos, um final de semana apenas e pouquíssimo investimento são necessários. Não queira iniciar sua carreira de fotógrafo com a máquina mais cara e moderna do mercado, por exemplo, colabore consigo mesmo. E há sonhos que exigem apenas um computador e acesso à Internet, além de dedicação.

Não compreendia a frase “Quem ama o feio, bonito lhe parece” até ler o livro “O município de São Gonçalo e sua história”, de Maria Nelma Carvalho Braga. Como amar o feio? Qual beleza é vista? Amar São Gonçalo é encarar seus defeitos e se esforçar para resolvê-los. Amar hoje, enquanto é feia. A beleza que vemos é a concretização de nossos sonhos em harmonia com a transformação da cidade. Lixo e esgoto ainda existem nas ruas porque poucos habitantes estão em harmonia com a cidade.

Amar não é conformismo, pelo contrário, é trabalhar de cabeça erguida pela evolução. O caminho começa onde seus desejos e as necessidades de São Gonçalo se encontram, acreditando na possibilidade de ser feliz aqui.

Publicado por Mário Lima Jr.

Gonçalense, escrevo sobre política e sociedade em defesa da essência humana.

Participe da discussão

4 comentários

  1. Mais um ótimo texto, parabéns. Sempre chamando a responsabilidade para si e para os gonçalenses de bem que por algum motivo preferiram se omitir ou perderam a força de ver este amontoado de concreto, confusão e gente tornar-se uma CIDADE.

    1. Muito obrigado por seu comentário. Certamente temos o poder de transformar qualquer realidade.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta