Um Rio de sangue cada vez mais profundo

Davidson estava na varanda de casa, segurando o filho de 10 meses no colo, quando foi baleado ontem, na Rocinha. O impacto do projétil derrubou o bebê no chão e ele bateu a cabeça. Pai e filho receberam socorro na mesma Unidade de Pronto Atendimento. Davidson morreu. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da criança. Continue lendo “Um Rio de sangue cada vez mais profundo”

Tem gente honesta depois do obstáculo que os gonçalenses não podem citar

Tem gente honesta do outro lado de São Gonçalo, onde os cidadãos de bem acusam oportunistas de não pagarem água, luz e TV por assinatura e nunca colocaram os pés porque são bons demais pra isso. Continue lendo “Tem gente honesta depois do obstáculo que os gonçalenses não podem citar”

Perdemos o Rio de Janeiro para a violência por egoísmo

O Rio de Janeiro caiu. É como dizem no jargão militar diante da perda de um território para o inimigo. O controle da lei e da ordem está nas mãos de bandidos. Governantes do Estado roubaram milhões de reais e gastaram em artigos de luxo, viagens internacionais e joias para as esposas e não cuidaram da segurança estadual. A sociedade fluminense, com suas ilhas de riqueza, não se preocupa em expandir o desenvolvimento social, nem com os fuzis saindo das favelas e batendo à sua porta. Continue lendo “Perdemos o Rio de Janeiro para a violência por egoísmo”